A Importância da periodicidade da criança no consultório odontológico

Publicado em 9/10/2017

Image - Mãe, bati meu dente na escola...
- Mãe, levei uma bolada no rosto...
- Mãe, o meu dente está mole...

Você deve estar reconhecendo esse discurso, tão comum entre as nossas crianças. Muitas vezes nos preocupam por falta de conhecimento, não é?

Estamos na semana em que se comemora o Dia das Crianças e, em comemoração a elas, vamos conversar sobre a dentição decídua, mais conhecido como dente de leite.

Dente de leite tem raiz?
Dente de leite precisa tratar canal?
Posso extrair o dente de leite sem consequências para a formação do permanente?
O que acontece se eu extrair o dente de leite se o dentista afirma que precisa tratar o canal?

Então vamos lá:

A primeira dentição é de extrema importância para a manutenção do espaço, preservando o mesmo para a formação da segunda dentição. Os primeiros dentes são menores e apresentam uma ou mais raízes de acordo com o dente. Quando afetados por cárie devem ser tratados com restauração, tratamento conservador da polpa dentária ou tratamento de canal.

O tratamento vai depender do diagnóstico. A exodontia (retirada) é optada quando já apresenta uma ruptura da cripta óssea pela coroa do dente permanente ou quando a raiz do dente de leite já tem uma boa parte reabsorvida, condições que se evidenciam pela radiografia periapical. A perda precoce do mesmo poderá levar ao retardo da erupção do permanente, trazendo uma desordem de oclusão dentária, ou seja, problemas no posicionamento, na oclusão e na estética.

Quando um indivíduo tem um traumatismo dentário, seja criança ou adulto, deverá acompanhar sinais e sintomas como: surgimento de fístula na gengiva e escurecimento do dente. Caso ocorram, procure um especialista imediatamente, além das visitas de acompanhamento, que poderão ser trimestrais, semestrais e anuais.

O objetivo deste artigo não é explicar detalhadamente o tratamento das patologias dentárias na Odontopediatria, mas, sem sombra de dúvida, enfatizar a importância das visitas periódicas ao cirurgião dentista, estimulando e motivando o desenvolvimento de vínculos com o profissional, além de evitar o desenvolvimento de traumas, como o medo do desconhecido.

Aproveite o Dia das Crianças para curtir bastante, pois todos somos ou fomos um dia criança. E lembre-se: sempre visite o seu dentista!


Cintia Muniz Couto (CRORS 13651) é Especialista em Endodontia e responsável técnica pela Odontologia do Gente Clube Vida com Saúde.

Compartilhe essa notícia nas redes sociais